24 de dez de 2017

Revival


Oi, gente. Tudo bem com vocês?
Eu provavelmente estou falando com o vazio e vou ficar falando sozinha por muito tempo. Não tem problema. O domínio blogspot já saiu de moda há muito tempo.

Faz dois anos do meu último post aqui e três anos que eu não tenho postado constantemente. Nesse tempo, muita coisa mudou (para melhor) e, de certa forma, eu me perdi de mim mesma. 
Recentemente, eu entrei num processo de aplicação pra um curso e a ficha de inscrição exige que você responda algumas perguntas muito introspectivas. Foi refletindo sobre essas perguntas que eu percebi: eu sinto falta de fazer coisas que me fazem feliz. Escrever sempre me trouxe felicidade, foi a minha válvula de escape por muito tempo. 
Quando eu comecei a bloggar, eu estava desesperada por atenção e afeição. Eu queria comentários, queria interação, queria gente se comunicando comigo. Eu postava porque eu gostava, mas a atenção que vinha com isso também me interessava muito. Eu fiz amizades muito profundas e uma dessas, com uma pessoa extremamente tóxica, me feriu demasiado. Faz um ano hoje que nós brigamos e eu não sinto mais falta ou dependência dessa pessoa. Nesse meio tempo, eu fiz um caminho de redescobertas e eu percebi o quanto eu sentia falta de ter um blog.  Não era falta da atenção, só falta de postar. Há dois dias, em 22 de dezembro de 2017, um anônimo comentou num post (esse aqui) e eu lembrei desse blog.
Eu sempre me importei demais com o layout das coisas, ainda me importo. Foi uma surpresa abrir o site e descobrir um layout tão bonito, mesmo com o tema de Jogos Vorazes (que, desde o lançamento do último filme em 2015, ficou meio brega). Talvez com o tempo eu mude o nome, o layout e o tema do blog; talvez ele fique assim por muitos anos. Eu não sei, e estou confortável com não saber.
Se alguém estiver aí, se alguém estiver me ouvindo, muito obrigada pela presença e pela paciência <3
Até mais, e obrigada pelos peixes! (Aplausos pra quem entendeu a referência)
Beijos '3'

Um comentário:

  1. Acho que essa pessoa sou eu, não é? Meu coraçãozinho apertou ao ler isso. Eu sinto muito por ter magoado alguém tão precioso e atencioso como você. Acho que você não vai ler esse comentário e é isso que me dá coragem de comentar. Já não tenho mais cara de te chamar no Instagram. Me sinto um parasita atrapalhando o desenvolvimento de uma flôzinha.
    Você foi uma ótima amiga. Uma ótima mesmo. Você foi sincera, dura, mas esteve lá quando eu precisei. Eu lamento muito por não ter te valorizado naquela época como você merecia ter sido valorizada.
    Você é incrível, Lala. Incrível mesmo. Eu espero que consiga tudo o que deseja, anjinho arteiro <3
    Eu passei pelo mesmo processo de me desintoxicar de alguém e por isso não acho saudável para você se aproximar de mim de novo.
    Fique bem!
    Com todo carinho do meu coração, Jhé.

    ResponderExcluir

Não serão aceitos pedidos de design ou de oc's (exceto, é claro, se for um post de pedidos). Tenha educação comigo e eu terei com você. Se for criticar, mantenha a educação. Obrigada por comentar.